A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Mulheres guerreiras

A Alepa realizou hoje sessão solene em homenagem ao Dia da Mulher e entregou a Medalha e Diploma Isa Cunha a personalidades femininas que se destacam pela luta em prol dos direitos humanos. A deputada Cilene Couto (PSDB) foi a oradora oficial.

A sessão teve momentos de muita emoção. A servidora mais antiga da Casa,  Áurea Ferreira da Silva, 69 anos, 38 de serviço, lotada no setor de Controle de Patrimônio, ao receber um presente, disse com firmeza: “sempre dignifiquei este Parlamento”. Foi muito aplaudida por servidores, deputados e convidados. A cantora lírica Gabriella Florenzano cantou, acompanhada pela pianista Leandra Vital, composições dos maestros parauaras Isoca e Waldemar Henrique.
A juíza Odete Carvalho, titular da Vara de combate aos crimes contra a Infância e a Adolescência, agradeceu em nome das agraciadas com a comenda. Isa Cunha foi historiadora e fundadora da Sociedade de Defesa dos Direitos Humanos e do Movimento de Mulheres da Cidade e do Campo. 

O presidente da Alepa, deputado Manoel Pioneiro (PSDB), pediu a todos que participem da luta pela erradicação da pedofilia.
Aliás, Pioneiro quer que o MPT, MPE e MPF apurem com rapidez as irregularidades que ele herdou na administração da Alepa. Com uma verdadeira bomba-relógio passada às suas mãos, está difícil colocar em prática os projetos de sua gestão.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *