Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

MP pede prisão de delegado e investigadores

Salve-se quem puder! Conforme denúncia dos promotores de Justiça Rui Barbosa Lamim e Emerson Costa de Oliveira, os investigadores Cláudio Márcio do Nascimento, Sérgio de Sousa Lago e o escrivão Genildo Joel de Sousa Silva, entre outros, sob o comando do delegado de polícia Civil Bruno Fernandes de Lima – que é inclusive suplente de vereador de Canaã dos Carajás – deixavam de lançar nos bancos de dados da segurança pública informações acerca de roubo ou furto de veículos apreendidos, que eram então desviados do interior da delegacia e revendidos a terceiros; cobravam propina para a prática de atos de ofício; e o delegado utilizava em um de seus veículos placa falsificada. O MP requereu a prisão preventiva de todos. São acusados de associação criminosa, peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *