O presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, foi aclamado ontem por servidores e deputados após a sessão plenária, que se estendeu até as 15h, ao entregar os espaços reformados que já estão prontos para utilização. É que, em…

O delegado de polícia de Oriximiná, Edmílson Faro, prendeu o vigia Ailton Ferreira da Silva a pedido do presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Andrade Sarubi (PSDB) e do vereador Márcio Canto (PTB) e, na presença de ambos e do…

Primeira do Brasil totalmente focada na educação para o trânsito, a biblioteca do Detran-PA foi criada em 1998 e começou direcionada ao público interno, funcionando no antigo prédio do órgão, ao lado da Ceasa. Em 1º de novembro de 1999,…

A Prefeitura de Belém vai revitalizar dezesseis imóveis do município que estão há anos em situação de abandono. Além do resgate do patrimônio histórico, artístico e cultural, a intenção é reduzir gastos com aluguéis de prédios que abrigam órgãos municipais.…

Mostra virtual do Sinjor-PA em amparo a jornalistas

Uma iniciativa inédita do Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará está fazendo toda a diferença: a exposição “Pará Ver-O-Peso que uma imagem tem” reúne trabalhos de 55 fotógrafos e fotógrafas que generosamente doaram suas obras para viabilizar um Fundo Solidário destinado a amparar jornalistas desempregados durante a pandemia de coronavírus. Lançada em maio, no site www.opesodaimagem.com.br, a mostra virtual reúne múltiplas estéticas no fazer fotográfico: trabalhos de fotojornalismo, documental, figuras e paisagens amazônicas de natureza e de cunho social. Cada foto pode ser adquirida por R$ 200. Os recursos arrecadados servirão para a compra de remédios, cestas básicas e despesas de subsistência como aluguel, energia e gás, de acordo com a necessidade manifestada por quem fará uso do Fundo Solidário. 

Desenvolvida por profissionais e estudantes voluntários que abraçaram a ideia, a exposição é do Grupo de Trabalho Contra a Covid-19 do Sinjor-PA, inspirada em uma ação feita por familiares e amigos do fotógrafo mineiro Lilo Clareto, vítima da Covid-19 no último dia 21 de abril.

As obras ficarão disponíveis até o dia 17 de agosto. Para comprar e assim colaborar, basta acessar o site, selecionar a imagem e adicioná-la ao carrinho de compras. O pagamento pode ser feito por boleto ou cartão. Também é possível acompanhar o projeto no Instagram e no Facebook (@opesodaimagem). A ação conta com o apoio da Max Color, Arquivo X e Panamazônica.

Participam da exposição os fotógrafos Alessandra Serrão, Ana Catarina Peixoto de Brito, Bárbara Freire, Bob Menezes, Carlos Borges, Cezar Magalhães, Cláudia Leão, Cláudio Pinheiro, Cristino Martins, David Alves, Dirceu Maués, Eduardo Kalif, Elza Lima, Eunice Pinto, Fernando Nobre, Fernando Sette, Flávia Mutran, Hely Pamplona, Isabel Abreu, Iza Girard, João Ramid, Klewersom Lima da Silva, Kleyton Silva, Leonilda Fernandes, Lucivaldo Sena, Luís Celso Borges, Marcelo Kalif, Marcelo Seabra, Marcílio Costa, Marco Santos, Maria Christina, Mariano Klautau Filho, Mauro Fernandes, Michel Pinho, Nailana Thielly, Octavio Cardoso, Osmarino Souza, Oswaldo Forte, Paula Sampaio, Paulo Amorim, Paulo Santos, Paulo Souza, Pedro Cunha, Raimundo Paccó, Renato Chalu, Ricardo Lima, Sandro Barbosa, Shirley Penaforte, Sidney Oliveira, Tamara Saré, Thiago Azevedo, Uchoa Silva, Ursula Bahia, Wagner Santana e Walda Marques.

O Fundo Solidário para Jornalistas de Combate à Pandemia beneficiará profissionais da imprensa sindicalizados que preencherem o cadastro disponível no site da exposição, nas redes sociais do sindicato e do projeto ou através das mensagens enviadas a grupos de jornalistas via aplicativos. Os pedidos serão avaliados por uma comissão do GT de Combate à Covid do Sinjor-PA.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *