A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Ministério fazendo água

A Operação
Porto Seguro
causou um tsunami na
Secretaria Especial de Portos. A PF está investigando se há envolvimento do titular da Pasta,
Leônidas Cristino, e de seu antecessor, Pedro Brito, hoje na diretoria da
Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), já que consta ter o
secretário executivo Mário Lima Jr. favorecido a aprovação de projeto da
empresa São Paulo Empreendimentos Portuários para o Complexo Bagres, no Porto
de Santos.
Diretores da Cia.
Docas de São Paulo, especialmente o presidente Renato Barco, também estão no fio da navalha e integram a lista dos
convocados pela Câmara dos Deputados para explicar a grande teia de pareceres
fraudulentos em negócios milionários. O tal Paulo Rodrigues Vieira, diretor da
Agência Nacional de Águas preso na semana passada pela PF, é membro do Conselho
de Administração da Codesp e considerado o chefe da quadrilha.
O navio do ministro dos Portos está fazendo água. Ainda mais que o
governador do Ceará, Cid Gomes, já disse que não vai
bancar
os afilhados se o escândalo tiver desdobramentos. Sem falar que a
presidente Dilma Rousseff está irritadíssima pelo enorme transtorno bem na hora
de lançar seu pacote na área de logística aeroportuária.
Detalhe: o assento
do perigoso Paulo Vieira no Consad da Codesp faz parte da cota do Ministério
dos Transportes, um feudo do PR. É o efeito dominó. Ainda tem muita pedra para
cair nesse jogo.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *