0

Cinco estudantes da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Padre Ângelo Moretti, município de Ourém, no nordeste do Pará, estão fazendo intercâmbio na cidade homônima em Portugal, desde ontem, 24, até 1º de abril, acompanhados pela diretora da escola, Maria Raimunda Siqueira; pela professora de Geografia e Estudos Amazônicos, Roseleia Lima, e pela diretora da Escola Estadual de Ensino Médio Professora Maria Socorro Oliveira da Rocha, Celene de Oliveira, onde o projeto começou. Todos vão conhecer diversos pontos históricos da cidade portuguesa, em um roteiro turístico, ambiental, religioso e educacional.

Felipe Matos Santana, Emily Ribeiro Sarmento, Maurício Picanço de Sousa, Francisco Luciano Souza e Leila Cristina Souza, todos da 1ª série do Ensino Médio, estão encantados com a realização de um sonho e consideram a experiência “revolucionária”. É a primeira vez que viajam de avião, e ao exterior.

O Projeto “Eu no mundo #amourém” é uma iniciativa da Assembleia Municipal de Ourém de Portugal e do Agrupamento de Escolas, no âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento e da Autonomia e Flexibilidade Curricular. Além de Ourém, no norte do Brasil, outras três cidades de países distintos integram o projeto: Le Pléssis Trévise, na França, Altotting, na Alemanha, e Czestochowa, na Polônia.

A Escola Estadual Padre Ângelo Moretti foi escolhida por sua tradição educacional e por ser a única a atender o público do 8º ano do ensino fundamental, solicitado pelo projeto.

Designada “AMOURÉM”, a iniciativa foi lançada em 2018, mas, a pandemia de Covid-19 interrompeu o projeto. Em 2022 começou a ser retomado, expandindo para outras cidades com as quais o município de Ourém tem relações de amizade e cooperação.

O projeto objetiva que os adolescentes percebam a importância das relações multiculturais e tenham orgulho de sua terra. Para isso, cada aluno é desafiado a estudar a sua localidade, abrangendo as várias áreas curriculares, como história, ciências, geografia, inglês, francês e música.

Médicos demitidos na calada da noite via e-mail

Anterior

60 anos do golpe militar

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *