0

Em Santarém os bastidores políticos fervem. Até agora o governador Helder Barbalho ainda não declarou qual candidato apoiará para a Prefeitura. O prefeito Nélio Aguiar quer o secretário de Governo do Oeste do Pará, José Maria Tapajós, que também tem o apoio do deputado federal Henderson Pinto e do ex-prefeito e ex-deputado federal Joaquim de Lira Maia.

Por outro lado, a deputada estadual Maria do Carmo Martins Lima (PT) lidera as sondagens. Ela já foi prefeita de Santarém e é vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa, além de amiga pessoal do presidente Lula e de ministros, como Alexandre Padilha, que foi secretário municipal em sua gestão.

Para viabilizar a sua chapa, José Maria Tapajós oferece ao PT a vaga de vice. Mas essa intenção tem poucas chances de se viabilizar. É que a turma de Lira Maia, Henderson Pinto e Nélio Aguiar não quer saber de alianças com as hostes petistas. Nélio quer indicar pessoalmente o vice.

E para o PT não faz sentido aceitar o cargo de vice, já que tem o nome mais forte. E muito menos apoiar outra candidatura sem vaga na chapa.

O líder da bancada petista na Alepa, Dirceu Ten Caten, já foi à tribuna afirmar que o partido está unido em torno de Maria do Carmo Martins e hoje Carlos Bordalo, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alepa, também reafirmou que Santarém contará com a bancada do PT em peso não só no apoio à candidatura de Maria, mas também no trabalho por recursos federais e estaduais destinados ao município.

Sintomaticamente, o governador até agora não pediu para José Maria Tapajós se filiar ao MDB.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Primeiro-ministro de Portugal, António Costa, apresenta demissão após suspeita de corrupção

Anterior

2023 poderá ser o ano mais quente em 125 mil anos

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *