0

O governador Helder Barbalho autorizou, na manhã deste sábado (13), o início da construção da Usina da Paz de Icoaraci, onde moram mais de 167 mil pessoas, e reforçou a importância da obra. “Hoje é um dia importantíssimo. Estamos iniciando as obras da Usina da Paz em Icoaraci. O maior e mais importante equipamento de cidadania de todo o Brasil está chegando em no distrito, dentro das estratégias do governo em avançar com novas usinas. Neste momento, nove usinas estão em funcionamento e outras 26 estão em construção em todo o Estado. Até o final deste semestre, estaremos com 40 usinas em construção, para que, com isto, possamos ampliar a cobertura de serviços, cuidando das pessoas e olhando para aqueles que mais precisam”.

O secretário de Estado de Articulação e Cidadania, Igor Normando, contou que muita gente de fora do Estado e até mesmo do Exterior tem vindo conhecer o projeto Usinas da Paz. “São mais de 70 serviços intersetoriais prestados de forma gratuita e mais de 1.500 pessoas atendidas diariamente, em áreas cruciais para a transformação social, como saúde, educação, assistência social, cultura, esporte e lazer”. A Usina da Paz Icoaraci ficará na Travessa do Cruzeiro.

Já estão em funcionamento nove, sete na Região Metropolitana de Belém (Cabanagem, Benguí, Guamá, Terra Firme, Jurunas/Condor, Ananindeua, Marituba) e duas na região sudeste do Pará (Parauapebas e Canaã dos Carajás).

Outro programa de cidadania que está fazendo a diferença em Belém e atendeu Icoaraci é o “Governo do Pará nos Bairros”, que só no ano passado atendeu mais de 95 mil pessoas e envolve diversos órgãos e secretarias estaduais. Dentre estes, a Secretaria de Articulação da Cidadania (Seac), Secretaria de Saúde Pública (Sespa), Secretaria de Planejamento e Administração (Seplad), Secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), Secretaria das Mulheres (Semu), Fundação de Radiodifusão do Pará (Funtelpa), Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento de Trânsito (Detran), Defensoria Pública do Estado, Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa), Companhia de Habitação (Cohab), Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa) e Banco do Estado (Banpará), além do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Lauro Sodré no Livro dos Heróis da Pátria

Anterior

Mabe de portas abertas este domingo

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *