A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Hemopa doa livros a dono de sebo vítima de vândalos

Lucivaldo Miranda de Castro, o Romário dos Livros, tinha há anos um sebo a céu aberto na Av. Nazaré, entre a Trav. 14 de Março e a Av. Alcindo Cacela, em frente ao tradicional Colégio Gentil Bittencourt, o mais antigo do Pará. É um senhor honesto, simpático, conhecido e benquisto por todos os pais e estudantes. Muita gente que ama e pesquisa literatura procura ali raridades, e famílias menos abastadas conseguem com ele adquirir leituras obrigatórias a preços baixos. No último dia 3, vândalos atearam fogo em todo o seu acervo. O Romário parauara das letras perdeu tudo o que amava e era meio de sobrevivência.

A Fundação Hemopa deu um exemplo maravilhoso que merece ser aplaudido e imitado: realizou uma campanha para arrecadação de livros, organizada pela Assessoria de Gestão de Pessoas, que envolveu servidores públicos da instituição, usuários e a população de modo geral, e hoje (20) entregou mais de 250 obras a Lucivaldo, na sede do hemocentro em Belém. Emocionado, o livreiro agradeceu o carinho de todos. “Fui lesado, mas eu não julgo as pessoas que fizeram isso. Elas precisam refletir sobre seus atos. Agora que fui beneficiado com tantos livros pela campanha organizada pela Fundação, me sinto muito mais feliz e grato a Deus por cada um que se dispôs a doar livros para me ajudar. Que Deus abençoe a todos”.

Quem quiser contribuir e ajudar no estoque de livros, basta levar as doações ao ponto de vendas dele, a qualquer hora do dia, ele fica por lá o tempo todo.

O presidente do Hemopa, Paulo Bezerra, participou da entrega e agradeceu à sua equipe pelo gesto solidário e de amor ao próximo. “Fazer o bem é a nossa missão, que se estende à coleta de sangue. Isso é respeito à vida e à dignidade humana”.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *