Vanete Oliveira, a jovem marajoara de 28 anos e mãe de cinco filhos que sofre há catorze anos com um tumor enorme em um dos olhos, que lhe cobre quase a metade da face, já está internada no Hospital Ophir…

Equipes da Divisão de Homicídios e da Delegacia de Repressão de Furtos e Roubos estavam monitorando há um mês o grupo criminoso que planejava roubar em torno de R$ 1 milhão no caixa eletrônico do Banpará localizado dentro do Hospital…

Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

Fósseis da ditadura

O MPF instaurou ontem investigação para apurar a descoberta de arquivo secreto do DOPS (Departamento de Ordem Política e Social de São Paulo) – com documentos do 2º Exército, que coordenava certas ações, relativos ao período de 1943 a 1982, e cerca de 9 mil dossiês -, abandonado num prédio da Polícia Civil em Santos.


Decreto de 1994 do governo paulista determina que todos os papéis do DOPS fiquem no Arquivo do Estado, disponíveis a consulta.


O ministro Paulo Vannuchi (Direitos Humanos) disse à Folha de S. Paulo que o episódio revela que “persistem procedimentos da época da ditadura. A reportagem confirma que há outros arquivos ainda não abertos e asseguro que outros aparecerão.”

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *