Para marcar os quinze anos de criação das Florestas Estaduais de Faro, Trombetas e Paru, da Estação Ecológica Grão-Pará e da Reserva Biológica Maicuru, na Calha Norte, hoje (4), o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) lançou…

Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Pantera escapa da degola

O São Raimundo segue na Copa do Brasil. Mas foi punido com a perda de três pontos no torneio nacional, por maioria de votos da Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, há pouco. Com isso, o duelo com o Botafogo, em 11 de março, válido pelo jogo de volta da 1ª fase da competição, está mantido. A confusão, agora, é quanto aos critérios de desempate para o segundo confronto, a cargo da CBF.

Na visão dos auditores, se o Pantera Negra vencer o Botafogo, se classifica por ter o mesmo número de pontos (as duas equipes zeradas), tendo a vitória como critério de desempate. Qualquer outro resultado (inclusive empate) favorece o Botafogo.

A Procuradoria do STJD denunciou o São Raimundo pela escalação irregular de três jogadores – o atacante Hallace, o volante Beto e o lateral-esquerdo João Pedro – no 1º jogo contra o Botafogo, disputado no Colosso dos Tapajós, em Santarém. Os nomes dos atletas não constavam no Boletim Informativo Diário. Em depoimento hoje, o presidente da FPF, Antônio Carlos Nunes, assumiu a responsabilidade pela falha na inscrição dos atletas.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *