O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Fábrica de fantasmas em Almeirim

A Promotora de Justiça
de Almeirim, Renata Fonseca de Campos, ajuizou Ação Civil Pública por
improbidade administrativa, com obrigação de fazer e pedido de tutela
antecipada, contra os vereadores locais Antônio Francisco de Sousa Jambo,
Francisco Lisboa Silva e Edson Alves França e os cidadãos Otacimar de Oliveira
Andrade, Graciolâncio França da Costa e Joaquim Pereira da Silva, acusados de criar
e falsificar documentos e atos de nomeação de diversos servidores “fantasmas”,
com a intenção de desviar dinheiro público da Câmara Municipal, a partir de
empréstimos consignados realizados junto ao Banco do Brasil. O esquema chegou
ao conhecimento do MPE por representação de Jucimar de Freitas Camelo, em setembro
do ano passado.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *