0

Na Semana Nacional de Museus a “Rota dos Palacetes”, idealizada pelos servidores do Museu Casa Francisco Bolonha, dirigido pela museóloga Rosa Arraes, mostrou aos cidadãos a importância do patrimônio histórico, arquitetônico, cultural e ambiental e dos símbolos da história da cidade. Foi um sucesso, houve adesão de quatrocentas pessoas na caminhada e no encerramento um pouco mais. Os técnicos do Museu Palacete Bolonha e do MABE – Museu de Arte de Belém, ambos vinculados à FUMBEL – Fundação Cultural de Belém, presidida por Michel Pinho, fizeram todo o circuito. O Memorial dos Povos ficou lotado de pessoas interessadas em saber mais sobre a cidade e assistir à apresentação da Banda Sinfônica da Fundação Carlos Gomes, espetáculo lindo e emocionante.   

A rota iniciou no Palacete Mac Dowell, localizado na avenida Governador Magalhães Barata, percorreu os principais palacetes do bairro de Nazaré e finalizou no Memorial dos Povos, onde os participantes puderam visitar o Palacete Bolonha e desfrutar uma feira cultural pensada de modo especial para o evento.

A Rota dos Palacetes virou encantamento. A maioria dos estudantes não sabia que Belém tem tantos palacetes belos e com uma história tão interessante.

A feira cultural expôs e vendeu artigos de produtores e artistas. Três alunas de cursos do Donas de Si, do bairro do Benguí e do distrito de Icoaraci, participaram da programação vendendo lanches em barracas, no Memorial dos Povos. O evento misturou gastronomia, música e turismo e já está no calendário cultural anual de Belém.

APJ celebra 200 anos da imprensa no Pará na Praça Felipe Patroni

Anterior

Novos dirigentes na Seção Judiciária do Pará

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *