Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Em 17 de dezembro de 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o 25 de novembro Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher. Passados 22 anos, os dados do 14° Anuário Brasileiro de Segurança Pública são aterrorizantes: por…

Diretor do Theatro Municipal do Rio em Belém

Maestro André Cardoso. Foto: Cristino Martins
O diretor do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, maestro André Cardoso, está em Belém do Pará desde a terça-feira, 26, ministrando o Seminário de Regência Orquestral, no Instituto Estadual Carlos Gomes. O evento faz parte da programação do Projeto Orquestra, ação de extensão universitária que promove a realização de cursos, oficinas e seminários voltados para a prática de orquestra, sob a coordenação da pianista e professora Ana Maria Adade. O objetivo é aprimorar a técnica e a performance dos instrumentistas, tendo como base a Orquestra Sinfônica Carlos Gomes, criada em 2015 pelo IECG. 

Os mais de 80 alunos inscritos no projeto farão apresentações amanhã, às 11h, no Theatro da Paz, com a Orquestra Sinfônica Carlos Gomes, e com a Banda Sinfônica da Fundação Carlos Gomes, às 20h. A entrada é gratuita, com a retirada de ingressos na bilheteria do TP no dia do concerto, a partir de 9h. 

O maestro André Cardoso é também presidente da Academia Brasileira de Música, onde ocupa a cadeira de número 26, e já esteve em Belém no ano passado, quando participou de mais uma edição do Painel Funarte de Bandas de Música, em Castanhal. Ele ministrou a oficina de regência para jovens que integram bandas de música em Belém e no interior do Pará. Marcelo Jardim, diretor da Escola de Música da UFRJ, também está em Belém participando do projeto.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *