0

Nos dias 16 (10h às 22h) e 17 (13h às 21h) de setembro, Belém recebe a campanha nacional “De Olho Nos Olhinhos”, com o objetivo de conscientizar e alertar sobre o retinoblastoma, um tumor ocular que acomete crianças de até 5 anos de idade. As ações serão no Shopping Boulevard, com a presença de médicos oftalmologistas e oncopediatras.

Idealizada pelos jornalistas Daiana Garbin e Tiago Leifert, a campanha conta com o apoio de órgãos como o Conselho Federal de Medicina. A filha do casal, Lua, hoje com quase 3 anos, foi diagnosticada com retinoblastoma quando tinha 11 meses e ainda está em tratamento.

Cerca de metade das crianças são diagnosticadas tardiamente, o que reduz as chances de tratamento e cura do tumor. O que pouca gente sabe é que, se a doença for diagnosticada precocemente, pode ter cura em até 100% dos casos. Isso porque o retinoblastoma pode levar à cegueira e até à morte.

O exame deve ser realizado periodicamente. O teste do olhinho é simples e pode levantar a suspeita da existência do tumor, algo a ser confirmado por um oftalmologista por meio do exame de fundo de olho. Em estágio avançado, o retinoblastoma muitas vezes é revelado em uma simples foto com flash, pois o olho afetado aparece com uma mancha branca, que é o reflexo do tumor. Neste estágio, as chances de cura são menores.

Karoline Silva, Médica Oncopediatra e coordenadora da campanha “De Olho nos Olhinhos” em Belém fala sobre a importância da campanha. “A saúde ocular da criança, infelizmente, ainda não é uma prioridade. Muitos pais, mães e demais cuidadores sequer sabem que o acompanhamento deve ser feito desde sempre, não apenas no Teste do Olhinho, mas na rotina, com consultas e outros exames. É sobre isso que queremos conscientizar, que assim como as vacinas, exames e consultas com os outros especialistas, é de fundamental importância a rotina com o oftalmo pediatra”, alerta.

No último dia 5 foi realizada uma aula sobre retinoblastoma, ministrada pela Dra. Karoline e Dr. Joacy David (especialistas em oncologia ocular pela USP) e Dra. Carolina Pinto (Oftalmologista do Hospital Infantil Octavio Lobo), com as ligas acadêmicas de Oncologia Pediátrica e Oftalmologia de Belém, que também participam da campanha.

Duplicação da Av. Bernardo Sayão avança com demolição de imóveis

Anterior

Especialistas alertam quanto a doenças reumáticas

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *