0

Belém sediou pela quarta vez a Conferência Ethos 360°, evento nacional que promove o debate acerca do desenvolvimento social e econômico na Amazônia, envolvendo diversidade, ESG (ASG), responsabilidade social empresarial, trabalho decente, floresta em pé, economia circular, direitos humanos e justiça climática .

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, participou do painel de abertura da conferência e destacou que  mais do que pensar em projetos, é preciso realizá-los para ajudar na diminuição das desigualdades. E tudo isso vinculado a um novo tipo de desenvolvimento baseado em equilíbrio ecológico. Edmilson ainda participou como palestrante do painel que discutiu o papel das organizações da sociedade civil e entidades na construção do Pacto Nacional pelo Combate às Desigualdades.  

“Se a gente não intervier nesse sistema, se a gente não redesenhá-los, essas desigualdades tendem a se perpetuar é isso é inadmissível”, destacou a presidente do conselho deliberativo do Instituto Ethos, Andréia Alvarez, palestrante que dividiu  o painel sobre desigualdade com o prefeito de Belém. Diversas entidades e ativistas pelo desenvolvimento sustentável da Amazônia também participaram da conferência.

“Muito bom debate e oportuno o tema do Painel: “Reconhecimento, Desagravo e Desafios das Organizações da Sociedade Civil na Amazônia”. Grato ao Ethos pela valorização do trabalho das ONGs na região, declarou Caetano Scannavino, coordenador da Ong Projeto Saúde e Alegria, que participou do painel “Reconhecimento, Desagravo e Desafios das Organizações da Sociedade Civil na Amazônia”, ao lado de Mariana Faro, gerente de Comunicação e Engajamento do Projeto Peabiru, e Marcela Greggo, coordenadora de Projetos em Integridade do Instituto Ethos.

Dez anos do ISM

Anterior

A livreira de Paris – Editora Intrínseca 

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *