Brega no Pará é coisa séria. Tem Brega Pop, Brega Calypso, Brega Marcante, Brega Saudade, Tecnobrega, Melody, Tecnomelody … Verdadeiro hino (música oficial dos 400 anos de Belém), não há quem desconheça o clássico Ao Por do Sol, eternizado na…

Uma reunião no Ministério Público do Estado do Pará colocou em pauta a situação caótica da Unidade de Conservação Estadual Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu, onde proliferam construções e empreendimentos comerciais irregulares, transporte fluvial desordenado, festas e…

O juiz federal Henrique Jorge Dantas da Cruz condenou a União e o Estado do Pará à obrigação de fornecer Cerliponase Alfa (Brineura®) a uma criancinha de quatro anos durante todo o período de tratamento, sem interrupção. O remédio deverá…

A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembleia Legislativa aprovou à unanimidade, hoje (15), as contas do governador Helder Barbalho relativas ao exercício de 2020. Conforme o relatório do presidente da CFFO, deputado Igor Normando (MDB), a receita bruta…

Concursados continuam na luta

O procurador Sandoval Alves
da Silva, do Ministério Público do Trabalho, registrou em Ata denúncias feitas
pela Associação dos Concursados do Pará: ausência de nomeação de aprovados no
concurso público Sespa C-153, em substituição aos temporários com prazo final
até 10/11/2012, conforme cláusula 2 do TAC; contratação de servidores através
de nota de empenho e ordem bancária, pela direção do Hospital Abelardo Santos, da
1ª CRS da Sespa, sob a rubrica de Serviço de Terceiros Pessoa Física; e remoção
de servidores em estágio probatório, de Santarém para Belém, com lotação na
Unidade de Tratamento de Meningite do Hospital Barros Barreto, por
favorecimento político.
A Asconpa também denunciou que a Sespa está
limitando a definição da Unidade denominada de “Nível Central” ao prédio
localizado na Tv. Presidente Pernambuco, em Belém, apenas para cargos que
exercem funções burocráticas, quando na realidade, a 1ªCRS compreende toda a
região metropolitana, com 42 órgãos.
Nesta quarta-feira, às 9 h,
haverá protesto de enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas,
sociólogos, administradores, assistentes sociais e assistentes administrativos concursados
aguardando nomeação, em frente à Sespa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *