Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Comissão Estadual da Verdade em coletiva

Amanhã, às 10h, na sede da OAB-PA (Praça Barão do Rio Branco, n° 93, bairro da Campina, Belém), os nove integrantes da Comissão Estadual da Verdade, que representam diversas entidades (Secretarias de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Arquivo Público Estadual, Comissão de Direitos Humanos da Alepa, OAB-PA, Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos, Comitê Paraense pela Verdade, Memória e Justiça, Conselho Regional de Psicologia e Sindicato dos Jornalistas do Pará explicam como se dará a investigação dos casos de tortura, mortes e desaparecimentos no Pará durante a ditadura militar, em entrevista coletiva à imprensa. 

A Comissão Estadual da Verdade será instalada oficialmente na segunda-feira, 1º de setembro, em cerimônia no Espaço São José Liberto, e segue a política da Comissão Nacional da Verdade, criada pela Lei 12.528/ 2011 e instituída em maio de 2012 pela presidente Dilma Rousseff com o objetivo de apurar as violações aos direitos humanos no período entre 18 de setembro de 1964 e 5 de outubro 1985. A lei estadual que cria a comissão foi sancionada pelo governador Simão Jatene no dia 31 de março deste ano.
A comissão é composta por Renato Theophilo Marques de Nazareth Netto (Sejudh), João Lúcio Mazinni da Costa (Arquivo Público Estadual), Ana Michelli Gonçalves Siares Zagalo (Segup), Carlos Alberto Barros Bordalo (Alepa), Egídio Sales Filho (OAB/PA), Marco Apolo Santana Leão (SPDDH), Paulo Cesar Fonteles de Lima Filho (Comitê Paraense pela Verdade, Memória e Justiça), Jureuda Duarte Guerra (CRP-PA/AP), e Franssinete Florenzano (Sinjor-PA).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *