Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Comissão da Verdade faz coletiva dia 1º

Na terça-feira, dia 1º de dezembro, às 10h, na Assembleia Legislativa do Estado, a Comissão da Verdade do Pará recebe a imprensa em entrevista coletiva a fim de socializar o andamento dos trabalhos. Só na Caravana ao Sul do Pará, que encerrou na semana passada, houve 320 oitivas de índios e camponeses. Nos próximos dias 10 e 11,  a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça estará em Belém para a 92ª Caravana da Anistia, em parceria com a Comissão da Verdade Pará, OAB, Alepa, governo do Estado e UFPA. Haverá sessões públicas de julgamento de requerimentos de anistia política, oficinas pedagógicas em escolas, homenagens a ex-perseguidos políticos do Pará e exibição de filmes sobre a temática. Além do aspecto indenizatório, trata-se de política pública de educação em direitos humanos, com o objetivo de resgatar, preservar e divulgar a memória política brasileira, em especial a Guerrilha do Araguaia. Haverá ato público em frente à Casa das Onze Janelas, ex-centro de detenção durante a ditadura, e será lançado o projeto “Caminhos da Resistência”, que propõe uma reflexão sobre o papel a ser exercido pelo Estado no avanço e na efetivação das garantias consolidadas pela Declaração dos Direitos Humanos.  

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *