Desde sua origem, Marabá (PA) sofre anualmente enchentes dos rios Tocantins e Itacaiúnas e a população que reside em áreas de risco fica em situação de vulnerabilidade. Todos os anos a defesa civil estadual e municipal planeja, monitora e prepara…

Em noite de gala na próxima segunda-feira, 24, às 19h, no Teatro Maria Sylvia Nunes, em Belém, o governador Helder Barbalho vai lançar o 110º Campeonato Paraense de Futebol, o Parazão Banpará 2022, com transmissão ao vivo pela TV e…

Todos os órgãos de segurança estão trabalhando de forma integrada para dar suporte à população em face da destruição do pilar central e iminente desabamento do vão da ponte do Outeiro. O Centro Integrado de Comando e Controle da Segup…

O Procurador-Geral de Justiça do Estado do Pará, César Mattar Jr., recebeu em audiência o advogado Arnaldo Jordy e uma comissão integrada por Simone Pereira, da Universidade Federal do Pará; Marcelo Alves, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e…

“Círio de Nazaré – meu olhar de fé”

O jornalista, advogado, escritor e pesquisador Walbert Monteiro lança hoje, a partir das 16h, no Solar do Barão de Guajará, sede do Instituto Histórico e Geográfico do Pará (Praça Dom Pedro II, Cidade Velha, Belém), a segunda edição, revista e ampliada em quase cem páginas, de sua obra “Círio de Nazaré – meu olhar de fé”. O acesso é livre e gratuito e todos estão convidados, com os devidos cuidados sanitários: uso de máscara e álcool em gel e distanciamento social.

Membro fundador da Academia Paraense de Jornalismo (que presidiu por dois mandatos consecutivos e da qual é atual diretor de Publicações), eleito para a Academia Paraense de Letras, além de sócio efetivo do IHGP-PA, onde integra a Comissão Especial de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, Walbert Monteiro é um estudioso do Círio de Nazaré, tanto sob os aspectos sociológico e antropológico quanto ao olhar religioso. Participa ativamente das celebrações e na década de 1990 coordenou por dois mandatos consecutivos a Festa de Nazaré, e, ainda, editou o Livro de Peregrinações. Em 2015, lançou a primeira edição de “Círio de Nazaré – Meu olhar de Fé”, em primorosa encadernação.

 Em mais de cinquenta anos de exercício do Jornalismo, Walbert Monteiro criou e editou importantes publicações, tais como as revistas “Ver-o-Pará” e “Nosso Pará”, e o “Calendário de Eventos”, de grande importância para o resgate da história do Pará e o incentivo ao turismo. Ao enveredar na pesquisa sobre a maior manifestação do planeta de devoção mariana, mergulhou nas origens portuguesas, com ênfase na figura de D. Fuas Roupinho, o almirante português que derrotou os mouros, personagem por si só muito interessante e a quem se atribui, oficialmente, o primeiro milagre por intercessão de Nossa Senhora de Nazaré. Focou o surgimento do Círio a partir do achado da imagem da santa pelo caboclo Plácido, em circunstâncias misteriosas, e faz uma análise da figura do governador Francisco de Souza Coutinho, criador do Círio; além da abordagem acerca do trabalho da Diretoria da Festa, coordenação do Círio e Guarda de Nazaré,  bem como as mudanças relevantes na grande procissão dos parauaras. Em sua coletânea, o escritor devoto fala da magnitude da festividade de Nazaré, os cuidados com o seu preparo, os distintos e variados eventos e os ícones da grande procissão, como a berlinda, o carro dos milagres, circunstâncias históricas e, de quebra, referências bibliográficas para aprofundar o tema.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *