Em sentença publicada hoje no Diário da Justiça do Pará, a juíza Blenda Nery Rigon Cardoso, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Belém, em substituição ao juízo da 9ª Vara Criminal, absolveu sumariamente a jornalista Franssinete Florenzano, editora…

Em pleno Dia Internacional dos Museus, foi inaugurada a exposição Sentinela do Norte: A Independência do Brasil no Grão-Pará, realizada pelo Instituto Histórico e Geográfico do Pará em parceria com a Cátedra João Lúcio de Azevedo, o Instituto Camões e…

O Complexo Turístico do Ver-o-Rio foi o cenário da celebração do projeto de lei de autoria da vereadora Lívia Duarte, presidente municipal do Psol, que criou o Estatuto de Igualdade Racial de Belém. O prefeito Edmilson Rodrigues, vereadores e representações…

As pessoas andam com os nervos à flor da pele e à beira de um ataque de nervos. Muitas tragédias têm sido causadas pela falta de temperança, paciência e serenidade, principalmente no trânsito. Pior é quando o causador é agente…

Chamon se diz discriminado pelo MDB

O deputado João Chamon(MDB) foi à tribuna da Alepa, há pouco, manifestar sua indignação e inconformismo com a decisão de seu partido e de sua bancada de excluí-lo da titularidade da CPI que vai apurar os desastres ambientais em Barcarena e Vila do Conde(PA). Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Ecologia, Geologia e Mineração, ele liderou uma comitiva parlamentar que fez vistoria na área afetada pela contaminação de resíduos de minérios mas o escolhido pelo MDB para a compor a CPI foi o deputado José Scaff. Chamon se queixou de que ficou na suplência e sequer foi comunicado. 

Visivelmente aborrecido, Chamon enumerou suas iniciativas, realçando a decepção por ter sido preterido, principalmente porque está vivendo o problema e está a par de tudo, e inclusive pontuou que, ao contrário de seu partido, o PT prestigiou o deputado Carlos Bordalo, considerando que também se antecipara e, como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa, fizera diligências à região impactada, além da sessão especial realizada anteontem, requerida por ambos, e que contou com a presidência do deputado Márcio Miranda e participação de pesquisadores da UFPA e do Instituto Evandro Chagas, membros do MPF, MPE-PA, Defensoria Pública e entidades que agregam comunidades quilombolas e ribeirinhas. 

Chamon disse que voltará ao tema na próxima terça-feira, quando o líder da sua bancada, deputado Iran Lima, estiver presente, e que vai fazer novo desabafo “pela forma discriminatória com que foi tratado”. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *