Em 17 de agosto é celebrado o Dia do Patrimônio Histórico. A Lei nº 378/1937, no governo Getúlio Vargas, criou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a fim de proteger e preservar os bens culturais do país, marcando…

A incorporação do território da então Província do Grão Pará e Rio Negro ao Império Brasileiro, fruto de um engodo, ensejou em poucos meses a tragédia do brigue Palhaço e, mais de dez anos depois, a sangrenta Cabanagem, mas esse…

O juiz Jonatas dos Santos Andrade renunciou à presidência da Amatra 8 – Associação dos Magistrados Trabalhistas da 8ª Região e vai assumir o cargo de Juiz Auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça, a convite da ministra Rosa…

Quando todos apostavam em uma radicalização que causasse esgarçamento das relações empresariais na cúpula das indústrias instaladas no Pará, a diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Pará, liderada por José Conrado Santos e José Maria Mendonça, deu uma…

Cedenpa na vice-presidência do Consep

Maria Luiza de Carvalho Nunes, presidente do Centro Estadual de Defesa do Negro no Pará (Cedenpa), assumiu a vice-presidência do Conselho Estadual de Segurança Pública (Consep), pelos próximos dois anos. A nova conselheira é representante quilombola e terá a chance de dar visibilidade às muitas questões pertinentes a essa parcela da população, no que tange àa Segurança Pública.

“Sou uma representante do quilombo, do povo negro, e me sinto muito honrada em fazer parte desse conselho tão importante e poder ser a voz da sociedade civil. Na vice-presidência do Consep, o quilombo e todos os sujeitos que compõem a nossa formação estarão presentes, sendo assim, poderemos ecoar nossas necessidades e lutar por direitos como o de viver em uma sociedade onde a paz social possa ser estabelecida”, salientou Maria Luiza.

O secretário de Estado de Segurança Pública do Pará e presidente do Consep, Ualame Machado, festejou a sua substituta eventual. “É um ganho para o Consep contar com um representante da sociedade civil na vice-presidência do Conselho, não apenas participando, mas construindo junto conosco tudo o que será debatido e definido como estratégia de segurança pública, junto à participação social. Essa eleição foi muito justa. Essa que é a mais antiga conselheira do Consep, o que só demonstra a confiança no trabalho que ela realiza, bem como o do nosso reconhecimento e dos demais conselheiros que juntos almejamos construir essa sociedade de paz que todos nós buscamos”, pontuou.

O colegiado em dezoito membros e é integrado por titulares de órgãos da segurança, Assembleia Legislativa e sociedade civil organizada, representada por entidades de reconhecida importância como OAB-PA; SDDH – Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos; Cedeca – Centro de Defesa da Criança e Adolescente; Cedenpa – Centro de Defesa do Negro no Pará, e Comissão Justiça e Paz da CNBB, entre outras. O Consep tem a missão de traçar políticas, fixar diretrizes, normatizar e supervisionar as Instituições que atuam na segurança pública, em busca do fortalecimento da cidadania e da interação sociedade-Estado.

Foto de Elielson Modesto

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *