DEM e PSL ainda nem consumaram a fusão, prevista para outubro deste ano, mas a briga já é de foice. O ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto duelam nos bastidores pelo comando do novo…

Um pastor de igreja evangélica localizada no município de Breves, no arquipélago do Marajó, foi condenado a 39 anos de prisão por estupro de vulnerável, exploração sexual e por possuir e armazenar pornografia infantil, com o agravante de que ele…

Acionado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Ministério Público Federal recomendou ao prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, medidas efetivas para que os responsáveis pelo edifício conhecido como Bloco B da Assembleia Paraense assegurem a manutenção emergencial do…

Na quarta-feira passada (22), operários e servidores ligados à execução da reforma e readequação do Palácio Cabanagem almoçaram com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, que preferiu essa forma de reunião para agradecer pelo compromisso com o trabalho e…

Caso Real Class

O inquérito civil instaurado pelo MP que apurou responsabilidade no desabamento, no dia 30 de janeiro 2011, do Edifício Real Class, de 34
andares, em fase final de construção pela Empresa Real Engenharia e Comércio
Ltda., vai desaguar em ação civil pública, para reparação de dano moral
coletivo causado à sociedade paraense, a fim de coibir violações às leis e normas
regulamentares da construção civil no Pará.  A decisão foi tomada hoje pelo Conselho do
MPE, em sessão presidida pelo subprocurador de justiça da área
jurídico-institucional em exercício, Mário Nonato Falângola. A procuradora de
justiça Ana Lobato Pereira é a relatora do processo.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *