Barcos regionais a motor, veleiros, vigilengas, rabetas, bajaras, canoas ubás, igarités, catraias, botes fazem parte da memória afetiva, produtiva e econômica parauara, navegando pelo oceano Atlântico, baías, rios que mais parecem mares, lagos, igarapés, furos, estreitos, igapós e campos alagados…

Embora o Quartel Tiradentes esteja localizado no coração do bairro do Reduto, sediando o 2º BPM e duas Companhias da Polícia Militar do Pará, os meliantes parecem desafiar abertamente os policiais. Os assaltos no bairro continuam muito frequentes, principalmente no…

Douglas da Costa Rodrigues Junior, estudante de Letras - Língua Portuguesa da Universidade Federal do Pará e bolsista do Museu Paraense Emílio Goeldi, ganhou a 18ª edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica na área de Ciências Humanas…

O Ministério Público do Trabalho PA-AP abrirá na segunda-feira inscrições para Estágio de Nível Superior. A seleção será destinada ao preenchimento de vagas e formação do quadro de reserva de estagiários dos cursos de Administração/Gestão Pública, Biblioteconomia, Direito, Jornalismo, Publicidade/Propaganda…

Campanha de Aleitamento Materno


Amanhã,  das 8h às 12h, a Praça Batista Campos, em Belém, será o cenário da I Campanha de Aleitamento Materno promovida pela Liga Acadêmica Paraense de Pediatria Clínica e Cirúrgica, em parceria com a Universidade do Estado do Pará. Além de esclarecer a importância da amamentação, os voluntários irão arrecadar vidros para o Banco de Leite Humano da Santa Casa e desmistificar hábitos do aleitamento cruzado, o costume que algumas mães têm de deixar seus filhos serem amamentados por outra mãe. A prática expõe o bebê a doenças.

O leite materno é o primeiro alimento ingerido pelo bebê, por isso o mais importante. Estimula o crescimento e desenvolvimento do recém-nascido e anticorpos que auxiliam no combate a doenças, entre elas a infecção intestinal, a desnutrição, a diarreia e a pneumonia.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria e o Ministério da Saúde, é fundamental que a criança se alimente exclusivamente do leite materno até os seis meses de vida. A partir dessa idade, o aleitamento pode ser acompanhado de alimentos auxiliares. É indicado que as mães amamentem seus filhos até os dois ou três anos de idade. 

Não esqueçam de reservar seus vidros com tampa de enroscar e entregar na praça, a fim de ajudar a estocar o leite na Santa Casa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *