A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Cadê os R$ 8 milhões?

No Pronto Socorro Municipal da 14 de Março, em Belém, continuam oferecendo aos doentes e acompanhantes comida estragada.  É feijão e arroz azedos, salada com tapuru –  tipo de verme, larva, que dá em alimentos podres, em corpos em decomposição ou em putrefação –.

A Sesma já foi denunciada incontáveis vezes, Termos de Ajuste de Conduta foram celebrados com o Ministério Público, sem que o prefeito Duciomar Costa e Secretaria cumpram qualquer determinação. E fica por isso mesmo. De vez em quando, o Pará vai à mídia nacional e mundial por conta das mortes por desassistência. E ninguém faz algo para acabar com esses crimes perpetrados justamente contra a população mais necessitada.

O vereador Marquinho (PT), presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Belém, está elaborando um documento relatando todas as irregularidades, que encaminhará ao Ministério da Saúde e à CGU, pedindo providências.
Na próxima segunda-feira, 31, às 15h, vai haver uma sessão especial para discutir os problemas da saúde em Belém. Os vereadores Carlos Augusto (DEM) e Marquinho do PT vão perguntar sobre a prestação de contas da Secretaria, querem saber onde foram parar os R$ 8 milhões que constam como sobra na prestação de contas enviada à CPI que funcionou na Câmara em 2010. A Sesma alegou falta de repasse de verbas federais. Mas o Ministério da Saúde confirmou que os repasses são feitos normalmente.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *