0

Primeira do Brasil totalmente focada na educação para o trânsito, a biblioteca do Detran-PA foi criada em 1998 e começou direcionada ao público interno, funcionando no antigo prédio do órgão, ao lado da Ceasa. Em 1º de novembro de 1999, um trágico acidente de trânsito causado por excesso de velocidade, na Av. Almirante Barroso, ceifou as vidas de cinco jovens, entre eles os irmãos Joaquim Guimarães Neto, de 22 anos, e Jaqueline de Sousa Guimarães, de 18 anos, únicos filhos de Durval Castro Guimarães e Antonia de Sousa Guimarães. Para superar a imensa dor, o casal passou a promover campanhas educativas para evitar mais mortes no trânsito, mobilizando outros pais, familiares e amigos de vítimas, e foi convidado a trabalhar em parceria com o Detran-PA. No ano seguinte, a biblioteca foi reinaugurada, com ampliação do acervo, abordando todas as áreas de conhecimento e batizada Biblioteca “Irmãos Guimarães”. A partir de então, o espaço se tornou essencial para as comunidades do entorno.

Com visitas escolares agendadas, a Biblioteca “Irmãos Guimarães” recebia centenas de visitantes diários, e passou a desenvolver atividades lúdicas infanto-juvenis e projetos educativos como o “Trânsito livre para leitura”, com leitura de contos do folclore brasileiro, reformulados para o tema do trânsito. Projetos voltados a estudantes de graduação em Licenciatura, destinados a atividades extracurriculares de estágio supervisionado, em instituições de ambiente não escolar, também foram contemplados.

Com a pandemia de Covid-19, a biblioteca teve que paralisar suas atividades mas, em março deste ano, ganhou ampla reforma e nova ampliação. No sábado, dia 18, dia da abertura oficial da Semana Nacional do Trânsito, e também em homenagem ao centenário do educador e patrono da educação brasileira, Paulo Freire, o diretor-geral do Detran-PA, Marcelo Guedes, entregou o espaço, maior e com mais conforto para a pesquisa de profissionais e estudantes.

Além da readequação de sua infraestrutura física, a Biblioteca Irmãos Guimarães também aumentou o acervo de livros, ganhou novos computadores e uma smart TV, além de nova sala de vídeo. Aberta ao público, a biblioteca é uma importante fonte de consulta para professores, universitários e alunos de escolas públicas e privadas. A sala de vídeo “Durval Castro Guimarães” é um tributo ao pai de Joaquim e Jaqueline Guimarães e ex-vereador, falecido em 7 de abril de 2004. Antonia Guimarães, mãe de Joaquim e Jaqueline, e viúva de Durval, foi uma das homenageadas na reinauguração, por sua enorme contribuição na luta para salvar vidas no trânsito. A biblioteca é aberta ao público, de segunda a sexta, das 9h às 17h, e fica na sede do Detran-PA, na Av. Augusto Montenegro, ao lado do Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão. O acesso é livre e gratuito.

Desanimado porque seu último negócio não deu certo? Deixa eu te contar algumas histórias aqui:

Anterior

Papo Nostalgia

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *