A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Bastidores da Alepa

A campanha para a presidência da Alepa está
embaralhada. Hoje, Edmilson Rodrigues(PSOL) manifestou posição desconcertante:
disse que não apoia qualquer candidato e pode até se lançar na disputa, como
forma de protesto. Do que se deduz que, no mínimo, poderá se abster do voto,
para marcar posição.
A revelação surpreendeu, porque desde o
início se dava como certo seu apoio à chapa de Martinho Carmona.
As negociações estão intensas. O presidente
da Alepa, deputado Manoel Pioneiro (PSDB), conversou longamente hoje com o
líder do PMDB, deputado Parsifal Pontes, enquanto no plenário os presidenciáveis se alternavam em rodinhas
ao pé do ouvido.
José Megale computa o apoio do PSDB (5) DEM(2),
PP(1), PRB(1), PSC(1), PMN(1), PTB(2), PSB(2) e PSD(3), somando 18 votos.
Martinho Carmona tem os votos do PMDB(8), PT(8)
e, se a eleição for ainda este ano, 1 de João Salame, do PPS, o que lhe garante
17 votos.
Se a eleição for até 1º de fevereiro de 2013,
como o Regimento Interno permite, o cenário pode mudar. O atual vereador de
Belém Augusto Pantoja(PPS) assume o mandato de deputado e poderá votar em
Megale.
Acontece que os votos de Gabriel Guerreiro (PV),
Pio X (PDT), Raimundo Santos (PEN), Eliel Faustino e Júnior Hage (PR) são
incógnitas. E há um desconforto na base aliada. O governador Simão Jatene tem
conversado individualmente com os deputados no palácio, sondando posições e
cobrando fidelidade, mas eles reclamam do tratamento que recebem, que nada
difere do dispensado à oposição e, às vezes, é até pior. Entre as queixas, a
liberação de emendas, a pouca cordialidade nas secretarias e a falta de um
canal político. A Casa Civil, tradicionalmente com essa atribuição, quando
procurada, retruca que é técnica. E a insatisfação aumenta. Jatene alega que,
quando nomeou Zenaldo Coutinho articulador, foi um deus-nos-acuda entre os demais líderes do PSDB, que se sentiram
desprestigiados. Mas o sentimento é que, do jeito que está, a coisa só se
agrava.
Outra questão é a hegemonia tucana, que está
alarmando os outros partidos. Com o governo do Estado, a capital e os dois
maiores colégios eleitorais do Pará, além de tantas outras prefeituras – e as que
ainda irão aderir até 2014 -, a Alepa sob o controle do PSDB está desenhando um
cenário assustador para os que temem dificuldades na reeleição.
Nessa esteira, o nome do deputado Márcio
Miranda(DEM), líder do Governo, vem sendo trabalhado discretamente como uma
alternativa para compor chapa única. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *