0

“Cogumelos”, de Breno Aciolly, reeditado com ilustrações de Oswaldo Goeldi como na primeira edição de 1949, será lançado em Belém, na sede da Academia Paraense de Letras, nesta quarta-feira, dia 06, às 19h, e em outubro em São Paulo (SP).

Considerado um dos maiores escritores de todos os tempos, Breno Acciolly – filho de um desembargador nascido em Ipanema, no interior de Alagoas, em 1921 e falecido no Rio de Janeiro aos 45 anos – terá seu livro, nesta nova edição, encarte com um dos desenhos de Oswaldo Goeldi publicado na época.

A iniciativa partiu de seu sobrinho, Rommel Aciolly, que, em parceria com a Oswaldo Goeldi Associação Artística Cultural, homenageia esse ícone da literatura brasileira.

Breno Aciolly era graduado pela Universidade de Medicina do Rio de Janeiro em 1946 em Ciências Médicas. Estreou em 1944, ainda aluno, com o livro “João Urso”, aclamado pela crítica. Recebeu o prêmio Afonso Arinos, da Academia Brasileira de Letras, e o Prêmio “Graça Aranha”, da Fundação Graça Aranha. Em 1955, escreveu seu primeiro romance, Dunas; e em 1962 lançou “Os Cata Ventos”.

Os contos de Breno Aciolly resumem-se em estudos psicopatológicos e cinematográficos.

Segundo a curadora Lani Goeldi, sobrinha-neta de Oswaldo Goeldi e gestora do projeto, a iniciativa do sobrinho Rommel Aciolly em reeditar a obra marca o encontro do escritor com o gravador Oswaldo Goeldi na década de 40.

Linha de crédito específica e upgrade do transporte alternativo no Pará

Anterior

Anta devolvida ao habitat natural em Novo Progresso

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *