O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Amantes da música

Foi eleita ontem a nova Diretoria da Academia
Paraense de Música, para o biênio 2012/2014. A posse de Eliana Cutrim
(Presidente), Felipe Andrade e Silva (Secretário-Geral), Itacy Silva (1ª
Secretária), Gelda Liane da Silva e Silva (2ª Secretária), Lenora Menezes de
Brito (Tesoureira), Gilberto Chaves (Consultor Artístico), Humberto Azulay
Valente (Diretor da Biblioteca e da Musicoteca), João Bosco Castro (Diretor do
Arquivo e do Museu), Vicente Malheiros da Fonseca (Diretor da Comissão de
Divulgação) e Robenare Marques (Diretor de Publicações da Academia Paraense de
Música) será no próximo dia 30, às 20h, na Sala Ettore Bósio (Conservatório
Carlos Gomes), em meio a concerto com entrada franca.
A Academia Paraense de Música tem por objetivo
“cultivar a Música, como expressão superior da criação artística; patrocinar e
estimular iniciativas de caráter científico, cultural e artístico, relacionados
com a Música; preservar e proteger o patrimônio musical do Pará; incentivar e
promover o estudo e a pesquisa da música paraense, em seus aspectos históricos,
social e estético; e cultuar a memória dos valores representativos da música
paraense, bem como dos que a ela tenham prestado relevantes serviços”, dentre
outras finalidades previstas em seu estatuto.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *