Quando todos apostavam em uma radicalização que causasse esgarçamento das relações empresariais na cúpula das indústrias instaladas no Pará, a diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Pará, liderada por José Conrado Santos e José Maria Mendonça, deu uma…

Os botânicos Fúvio Oliveira e Rafael Gomes, doutorandos do Programa de Pós-graduação em Botânica Tropical do Museu Paraense Emílio Goeldi e Universidade Federal Rural da Amazônia, concorreram com 86 jovens cientistas do mundo inteiro e estão entre os 23 contemplados…

Na próxima terça-feira, dia 16, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, deverá incluir na pauta do plenário a apreciação do Processo nº 7/2022, encaminhado pelo Tribunal de Contas do Estado, tratando da prestação de contas do Governo do Pará…

Liderados pelo presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), promotor de justiça Manoel Murrieta, que é paraense, promotores, procuradores, juristas e convidados do Brasil inteiro irão reafirmar o compromisso institucional do Ministério Público e o seu papel…

Ação integrada da Marinha no Furo do Arrozal

O IV Distrito Naval da Marinha do Brasil, em parceria com o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Praticagem da Barra do Pará, Sociedade Amigos da Marinha Pará, Secretarias de Saúde de Barcarena e do Estado do Pará, Tribunal Regional Eleitoral e Defensoria Pública, promoveu no sábado (31) uma Ação Cívico-Social na comunidade Fazendinha, no Furo do Arrozal, município de Barcarena(PA). O evento atendeu aproximadamente 300 famílias locais, oferecendo serviços gratuitos de cidadania, das 9h às 16h.

Previamente, foi realizada consulta local, na qual ficou detectada a necessidade de debater o tema da violência sexual contra crianças e adolescentes e a violência doméstica. Uma equipe multidisciplinar do Hospital Naval de Belém prestou atendimento médico e odontológico e distribuiu medicamentos da atenção básica e kits de higiene bucal, com orientação sobre escovação. Também foram aplicados testes rápidos laboratoriais para HIV, hepatite, sífilis e glicemia, além de vacinação em crianças e adultos (HPV, hepatite, influenza e outras).

A ação ofereceu serviços de emissão de documentos, como título eleitoral, RG, CPF, Certidão de Nascimento e Óbito, fotos para documentos, bem como orientação jurídica, aliadas a atividades de conscientização sobre violências doméstica e sexual, gravidez na adolescência, prevenção e combate ao acidente de escalpelamento, além de doação de toucas de cabelo.

Durante o evento, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude, promotora de Justiça Mônica Freire, ministrou palestra sobre violência sexual para o público adulto. Para as crianças foi apresentado teatro de fantoches, com participação voluntária das estagiárias do MPPA Alícia Batista Furtado, Kilvia Lucy do A. G. Miranda, Virginia Mei Tsuruzaki Shinkai e Paula Cristiane Moura Reis. A integra parceria entre o MPPA, por meio do Projeto “Navegue Não Naufrague” e a Faculdade Faci Wyden, com o Projeto “ECA vai à Escola”.

Já a promotora de Justiça Vyllya Costa Barra Sereni, coordenadora do Núcleo Mulher do Ministério Público, ministrou palestra sobre violência doméstica, visando conscientizar a população sobre a importância de combater esse crime. As crianças assistiram ao teatro de fantoches sobre o ECA vai à escola

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *