0

A família de uma jovem de 22 anos que faleceu após acidente de motocicleta autorizou e vários órgãos foram doados a quem precisava de transplante para continuar vivendo. O fígado foi transplantado em um paciente de Abaetetuba. Os rins tiveram como receptores um paciente do município de Inhangapi e outro de Cumaru do Norte, todos selecionados por critérios de compatibilidade.

A Central Estadual de Transplantes do Pará , vinculada à Sespa – Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará, efetivou na última sexta-feira (23) a primeira captação de órgãos para transplante da região do Baixo Tocantins. O procedimento aconteceu no Hospital Regional do Baixo Tocantins, em Abaetetuba.

O processo de doação dos órgãos foi iniciado pela Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes e em seguida coordenado pela equipe da CET-PA, que fez todo o procedimento de acolhimento dos familiares da doadora, além da organização das etapas que antecederam a captação.

A cirurgia de retirada dos órgãos começou às 9h40 e encerrou às 11h45, pela equipe do médico Rafael Romero Garcia, Responsável Técnico do Serviço de Transplante Hepático na Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará. A sala cirúrgica foi corrdenada pela Enfermeira Ionara Paulina (CET-PA), o procedimento foi acompanhado pela coordenadora da CET/SESPA, a Biomédica Ierecê Miranda, e contou com a participação dos profissionais do Hospital Santa Rosa.

Cinco pessoas foram beneficiadas com os órgãos da doadora. O fígado e os rins foram levados para Belém, no início da tarde da sexta-feira (23), pela equipe do Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará (Graesp), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, em helicóptero do Governo do Pará, juntamente com o médico hepatologista cirurgião e professor doutor Rafael Garcia, e as córneas, por ter um tempo de viabilidade maior para ser transplantada, seguiu via terrestre com a coordenadora do CET-PA, Ierecê Miranda, e a equipe do Banco de Olhos.

O fígado foi transplantado pelo Dr. Rafael Garcia ainda na tarde da sexta-feira, 23, no Hospital Santa Casa de Misericórdia do Pará, em paciente de Abaetetuba. “Um dos rins foi transplantado em um paciente do município de Inhangapi, a cirurgia foi realizada no Hospital Ophir Loyola. O segundo rim foi transportado em aeronave para Redenção, pela equipe do Graesp, no sábado, 24, e transplantado em paciente de Cumaru do Norte, após cirurgia no Hospital Regional de Redenção.

“A doação de órgãos é um gesto de amor que salva vidas. Que o gesto dessa família possa sensibilizar cada vez mais a população”, comentou a prefeita de Abaetetuba, Francineti Carvalho., destacando o pioneirismo do município e a generosidade das famílias locais. “Estamos muito orgulhosos por este exercício de cidadania e de solidariedade humana e gratos pela expertise dos médicos que atuam em Abaetetuba”.

PMPA resgata criança esquecida pela família

Anterior

Arte valorizando o turismo comunitário

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *