O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Brega no Pará é coisa séria. Tem Brega Pop, Brega Calypso, Brega Marcante, Brega Saudade, Tecnobrega, Melody, Tecnomelody … Verdadeiro hino (música oficial dos 400 anos de Belém), não há quem desconheça o clássico Ao Por do Sol, eternizado na…

Uma reunião no Ministério Público do Estado do Pará colocou em pauta a situação caótica da Unidade de Conservação Estadual Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu, onde proliferam construções e empreendimentos comerciais irregulares, transporte fluvial desordenado, festas e…

A realidade do presídio metropolitano

Comissão
externa da Alepa, representada pelo deputado Edmilson Rodrigues (PSOL), conferiu
hoje no Presídio Estadual Metropolitano as condições desumanas de
encarceramento constatadas em recente relatório divulgado pelo Conselho
Penitenciário do Pará: internos doentes e dormindo no chão, pacientes de
hanseníase e Aids misturados aos demais, falta de remédios, de colchões e de
condições de higiene. A cozinha do presídio, onde são feitas as refeições dos
internos, está em condições de abandono. Nos contêineres, muita sujeira, comida
e lixo espalhados pelo chão. 
Edmilson
conheceu as dependências da unidade, como a sala de aula, enfermaria e setor
administrativo. Com capacidade para 500 detentos, mantém 608. Em 76 contêineres,
estão encarcerados 275 homens.
A visita foi
acompanhada pelo diretor do PEM, Robervaldo Souza, pelo corregedor da Susipe,
Francisco Robério Pinheiro, e pela ouvidora do Sistema de Segurança Pública,
Eliana Fonseca. Edmilson disse que quer contribuir para melhorar as condições
de infraestrutura do PEM por meio de emendas ao Orçamento 2013. E defendeu a
importância de concurso público para agente prisional e ampliar o efetivo da
Defensoria Pública a fim de garantir atendimento jurídico aos internos e, com
isso, agilizar os julgamentos e as solturas para reduzir a superlotação. Há 270
presos provisórios (sem julgamento).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *