Na terça-feira da semana passada (19), quando estava em votação no plenário da Assembleia Legislativa projeto de Indicação de autoria da deputada Professora Nilse Pinheiro transformando o Conselho Estadual de Educação em autarquia, detentora de autonomia deliberativa, financeira e administrativa,…

A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

A disputa para o TCM-PA

Acaba hoje o prazo para apresentação de candidaturas ao TCM-PA. Amanhã, os nomes do ex-secretário de Estado Sérgio Leão e do deputado Júnior Hage serão apreciados pela Comissão de Constituição e Justiça da Alepa. Ambos serão aprovados, sem dúvida. A partir daí, tanto pode haver acordo e a arguição e votação em plenário ser realizada em seguida, como acontecer um pedido de vista e o processo de escolha se estender para 2014, o que deverá ser evitado, já que o cenário político será diferente. 

Sérgio Leão tem o apoio da bancada governista. Mas Júnior Hage – que teoricamente integra a base aliada – conta com o apoio do PMDB ( exceto do deputado Martinho Carmona). Em caso de ir adiante a dissidência, o fiel da balança será o PT.

Júnior Hage diz que sua candidatura é resultado da falta de diálogo do governo com os deputados que lhe dão sustentação política. Queixa-se do não cumprimento de compromissos políticos, como obras para municípios em sua área de atuação e alega que desistiu de sua indicação para vaga no TCE, no início da Legislatura, a pedido do governador Simão Jatene, que lhe teria prometido outro cargo de conselheiro e esta é a última oportunidade no atual mandato. 

As negociações continuam em ritmo febril. Amanhã, após a reunião da CCJ, é possível que Júnior Hage retire sua candidatura e até a quinta-feira, 19, quando encerra a Sessão Legislativa, já se tenha um desfecho. A conferir.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *