Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

500 anos da Reforma Protestante

Nesta segunda-feira, em sessão solene às 10h, a Alepa celebra os 500 anos da Reforma Protestante, cujo marco é 31 de outubro de 1517, dia em que Martinho Lutero pregou suas teses protestando contra uma série de pontos da doutrina da igreja da época. Evangélicos do mundo inteiro já confirmaram presença. A iniciativa é do deputado Raimundo Santos, que também é o autor do projeto de decreto legislativo nº 09/2017, que institui a medalha comemorativa aos 500 anos da Reforma Protestante. 

Os Correios do Brasil e da Alemanha lançaram em abril, simultaneamente, um selo comemorativo aos 500 anos da Reforma. Por sua vez, a Editora Cultura Cristã irá lançar uma Bíblia especial alusiva aos 500 anos.
E uma versão dublada e legendada do documentário  “Reforma: o movimento que mudou o mundo”, 
produzido nos EUA, está sendo preparada. Ao requerer o evento, o deputado Raimundo Santos ressaltou a contribuição das igrejas de todo Brasil, que exercitam a tolerância, a educação e a inclusão social, e trabalham não só na pregação, mas também em escolas e hospitais, por exemplo, e têm proposta transformadora.  

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *