O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

25 anos do Clube do Samba na Cultura FM

O Clube do Samba, da Cultura FM, comemora 25 anos hoje. Com apresentação de Ivana Oliveira e produção de Lourdinha Bezerra, o programa entra no ar ao meio-dia, reunindo sambistas da velha guarda e da nova geração, entre eles Samba de Artista, Meio-Dia, Bilão, Alcyr Guimarães e Mariza Black. 

Batizado inicialmente de “Sambas e Outros Pagodes”, com conteúdo exclusivamente musical, o programa ganhou novos ares a partir de uma visita de Dona Zica da Mangueira a Belém. Entusiasmada com o talento dos sambistas locais, ela escreveu uma carta para a direção da emissora, sugerindo um espaço dedicado ao samba de raiz autoral. Quem conta essa história é a intrépida Lourdinha Bezerra, produtora do programa desde aquela época.
A proposta, desde o início, sempre foi dar espaço aos sambistas paraenses, e nesse sentido o programa ajudou a profissionalizar o cenário do samba no Estado. Também valorizamos o samba de raiz nacional, desde Cartola até Arlindo Cruz e Jorge Aragão“, explica a jornalista. 

Durante duas décadas, o locutor Janjão foi apresentador do Clube do Samba, há dois anos apresentado pela jornalista Ivana Oliveira.
O samba sempre teve espaço garantido na Cultura. E estamos falando do samba de qualidade, aquele que sobrevive aos modismos e que faz história. O samba talvez seja o mais democrático entre os estilos musicais, pois está embalando desde a periferia até as festas em ambientes refrigerados“, conta Ivana. 

Há um ano, o Clube do Samba criou uma versão acústica, recebendo semanalmente artistas e grupos para gravações no Estúdio Edgar Proença. Vale a pena ouvir e participar!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *