0

Tombado pelo Departamento de Patrimônio do Estado do Pará, o Conjunto Arquitetônico e Paisagístico do Bosque Municipal Rodrigues Alves, em Belém, está aberto a visitação gratuita, a partir desta terça-feira, 16, até o dia 31. Com área total de 15 hectares, o local é um pedaço da floresta amazônica no coração da cidade. Mais de 80% são áreas verdes, e apenas 20% são caminhos para circulação.

O espaço recebe, em média, vinte mil visitantes por mês e abriga mais de dez mil árvores, distribuídas em mais de trezentas espécies, além de 435 animais de 29 espécies que vivem em cativeiro e outras 29 em liberdade ou semi-liberdade, distribuídas na área de mata. Entre os animais estão o peixe-boi amazônico, jacaré, tartarugas, jabutis, araras e macacos.

Inspirado no “Bois de Bologne”, área verde localizada no subúrbio de Paris (França), o Bosque abriga importante diversidade de espécies da fauna e flora do ecossistema amazônico, além dos monumentos das grutas, aquários, chalés e viveiros, e é um dos principais cartões-postais da Cidade das Mangueiras.

Serviço:

O Bosque Rodrigues Alves funciona de terça a domingo, de 8h às 14h.

Não é permitida a entrada de alimentos, bolas e balões.

Seurb quebra calçadão em pedras portuguesas para por 25 placas na Doca

Anterior

Seirdh oficia à Seurb para retirar placas do calçadão

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *