0

Até o dia 22 de abril, na Biblioteca Pública Arthur Vianna, da Fundação Cultural do Pará, está aberta a exposição “Vida e Obras de Dalcídio Jurandir”, das 9h às 17h. A mostra faz parte da programação de 153 anos da BPAV.

Em parceria com a Universidade da Amazônia, a Biblioteca celebra os feitos de Dalcídio Jurandir, de modo a difundir a história e a obra do escritor para novos leitores. E o professor doutor Paulo Nunes, especialista em Dalcídio Jurandir, membro do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, será o ponto alto da programação, em 11 de abril, quando vai conversar com o público sobre o grande marajoara.

Nascido no arquipélago do Marajó, Dalcídio Jurandir se consagrou romancista com obras como Marajó (1947) e Chove nos Campos de Cachoeira (1948).

“A FCP promove constantemente essas programações e ações em torno de autores paraenses consagrados, de maneira que incentive o acesso à leitura. Para comemorar os 153 anos, a BPAV celebra o intelecto do jornalista, homem de ideias e grande marajoara que foi Dalcídio Jurandir”, comenta Jorge Ramos.

A Biblioteca Pública Arthur Vianna fica no hall do 3° andar no Centur, em Belém do Pará (Av. Gentil Bittencourt, 650 – Nazaré). O acesso é livre e gratuito.

60 anos do golpe militar

Anterior

Música, Políticas, Decolonialidades e Resistência

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *