Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Testemunha da matança de cães executada

Lucas Pardauil da Costa foi executado com quatro tiros na cabeça, na estrada de Jenipapo, no município de Santa Cruz do Arari, no Arquipélago do Marajó, no sábado passado. Seu corpo foi encontrado por moradores do local e o caso já chegou ao conhecimento do delegado geral de Polícia Civil do Pará, Rilmar Firmino. Ele era uma das dez testemunhas do caso da matança de cães em Santa Cruz do Arari, que ganhou repercussão internacional e foi objeto dos processos nº 0000468-46.2013.814.0000 (Procedimento Investigatório Criminal nº 01/2013-PJSCA) e nº 0000517-87.2013.8.14.0000 (Inquérito Policial nº 40/2013.000511-0), além de denúncia da promotora de justiça local, Jeanne Maria Farias de Oliveira, e do procurador de Justiça Nelson Medrado perante as Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Estado, e cuja oitiva das testemunhas está prevista para começar na semana que vem. Lucas Pardauil estava trafegando de moto na estrada vicinal, à noite, fazendo um frete, e até agora não se sabe detalhes sobre o crime. As demais nove testemunhas estão com medo.

Leiam a denúncia do MPE-PA na íntegra aqui.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *