0
A possível falência da Villa Del Rey está assustando os clientes que procuram a construtora para saber o motivo do atraso na entrega de suas unidades e dão de cara com a sala de espera lotada de pessoas reclamando a demora de diferentes condomínios. Gente que já terminou de pagar todas as parcelas e nada da entrega, sequer informam o novo cronograma de obras. Já houve o maior barraco por causa da falta de respeito: marcam, desmarcam e remarcam a tal da entrega do cronograma e uma reunião, que nunca acontece.

O condomínio Villa Veneza, pelo contrato, deveria ter sido entregue no ano passado e este ano as casas. Outro está atrasado há três anos!

No Procon, a advogada responsável pelo setor de atendimento, todos os dias, recebe pelo menos umas quatro queixas contra a Villa Del Rey. Por isso, encaminhou um pedido de explicações à empresa, que também ainda não respondeu.

Há boatos de que a construtora está repassando alguns condomínios para se capitalizar. É grande a aflição de quem mora de aluguel e está aguardando. O planejamento da renda familiar já foi para o espaço.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Investimentos da Eletrobras

Anterior

Contas 2009 pré-aprovadas

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *