Quando todos apostavam em uma radicalização que causasse esgarçamento das relações empresariais na cúpula das indústrias instaladas no Pará, a diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Pará, liderada por José Conrado Santos e José Maria Mendonça, deu uma…

Os botânicos Fúvio Oliveira e Rafael Gomes, doutorandos do Programa de Pós-graduação em Botânica Tropical do Museu Paraense Emílio Goeldi e Universidade Federal Rural da Amazônia, concorreram com 86 jovens cientistas do mundo inteiro e estão entre os 23 contemplados…

Na próxima terça-feira, dia 16, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, deverá incluir na pauta do plenário a apreciação do Processo nº 7/2022, encaminhado pelo Tribunal de Contas do Estado, tratando da prestação de contas do Governo do Pará…

Liderados pelo presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), promotor de justiça Manoel Murrieta, que é paraense, promotores, procuradores, juristas e convidados do Brasil inteiro irão reafirmar o compromisso institucional do Ministério Público e o seu papel…

Sem Saída 2

O deputado Sefer será chamado na segunda feira pelo presidente do DEM, deputado Vic Pires Franco, para uma conversa. Vic pedirá pela última vez que Sefer renuncie até o final da próxima semana por achar insustentável a situação do parlamentar. Vai dizer também, que o melhor para Sefer é dedicar o seu tempo somente para tentar provar a sua inocência na justiça. Caso Sefer se negue a atender o pedido do deputado, Vic comunicará que abrirá imediatamente o processo de expulsão do deputado no conselho de ética do DEM em Brasília já na próxima semana. O presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia, nomeará um relator entre os membros da executiva nacional, que são os líderes do partido na Câmara e no Senado, e os vice presidentes do partido. Possivelmente essa relatoria deverá ficar a cargo da ex vice governadora Valéria Pires Franco, vice presidente nacional do DEM. O relator terá um prazo para ouvir o parlamentar e quem achar necessário, e depois apresentar o seu relatório para a executiva, que será colocado em votação. No caso de expulsão, ela será sumária. A partir daí, o partido pedirá na justiça o mandato do deputado expulso para o seu suplente, que deverá assumir rapidamente, já que o TSE tem se manifestado favoravelmente nesses casos.”(De um comentarista anônimo aqui no blog, adiantando providências no âmbito do DEM sobre o Sefergate.)

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *