0
A Unesco alerta: o analfabetismo faz mal à saúde. Estudos da organização revelam que quem não sabe ler e escrever é mais vulnerável a doenças, pois tem dificuldade de receber e guardar informações sobre remédios e prevenção de doenças. A mortalidade infantil também aumenta se a mãe não sabe ler e escrever.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Venda casada

Anterior

Comunicação & aprendizado

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *