Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Quem dá mais?

Usado em proveito próprio pelo casal Valéria e Vic Pires Franco, o DEM está em ritmo de extinção. Ninguém quer coligar com a sigla, que virou de aluguel. A cúpula nacional dispensa comentários: Rodrigo Maia, Valéria Pires Franco, Paulo Bornhausen, ACM Neto. A nata dos representantes das velhas oligarquias do Brasil.

No Pará, os principais líderes do PSDB – Simão Jatene, Flexa Ribeiro, Mário Couto, Zenado Coutinho, Wandenkolk Gonçalves e Nilson Pinto, além dos deputados estaduais – foram atacados sistematicamente, de modo repugnante, por Vic, que disseminou fofocas e detalhes sórdidos sobre a vida conjugal e familiar de todos. Daí que nem a tradicional afinidade sustenta nova aliança.

A governadora Ana Júlia Carepa foi enxovalhada de forma torpe e vil em sua honra pessoal, como mãe, mulher e governante. Tanto o núcleo de sua campanha quanto a militância do PT não querem nem ouvir falar em DEM.

As relações familiares e afetivas da família Barbalho inteira também foram estraçalhadas por Vic. A estratégia do PMDB foi cozinhar o casal demo em banho-maria até que chegou à atual situação vexatória na qual o ‘quem dá mais’ alcançou o nível mais baixo – em seu pior sentido.

Decoro, decência, dignidade e brio foram lançados às favas por Vic, cuja conduta contraria os mais básicos padrões ético-jurídicos.

A honra é o bem mais valioso que se pode ter em vida. Só os que não têm vida moral não lhe sabem dar o devido valor.

Quando se trata de honra, as ações demonstram o sentimento e o caráter de quem age.

Há, assim, uma honra coletiva a ser preservada.

Pelo Pará e pelo País.

Resta saber se tucanos, petistas e peemedebistas lutarão por ela.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *