0

“Direitos Humanos no Cone Sul não é tema de fácil trânsito.

Tempos houve em que era mais fácil montar uma Operação Condor do que um tratado internacional sobre direitos humanos.

Os tempos mudaram, mas tudo acontece muito lentamente.

Só agora, cinco anos depois de assinado o Protocolo de Assunção sobre Compromisso com a Promoção e a Proteção dos Direitos Humanos do Mercosul, ele foi promulgado pelo Decreto Nº 7.225, de 1º de julho de 2010. Antes tarde do que nunca.”

(Do juiz trabalhista José Maria Quadros de Alencar, em seu blog)

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!

Anterior

Quem dá mais?

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *