Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

PRTB pode abalar as eleições no Pará

O Delegado Fonseca assumiu na sexta-feira passada, em Brasília (DF), a presidência do PRTB no Estado do Pará, com carta branca da presidente nacional da sigla, Aldinéia Fiélix. Willian Fonseca é o prefeito de Oriximiná, que está afastado pela Câmara Municipal e recorrendo ao Judiciário para voltar ao cargo. A mudança tem amplo significado. No comando estadual do PRTB, Fonseca está à vontade para se candidatar este ano a governador, caso não seja reintegrado à Prefeitura de Oriximiná, e já tem até uma lista de candidatos a deputados estaduais e federais. Para tanto já vem conversando com lideranças políticas de todo o Pará, principalmente nas regiões Oeste e Sul/Sudeste, onde recrudesceu o sentimento separatista, para criação dos estados do Tapajós e do Carajás. No dia 17 de dezembro do ano passado, já com parecer favorável do relator Plínio Valério (PSDB-AM) à realização de consulta à população do Pará, o projeto de criação do estado do Tapajós entrou em pauta na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, mas não chegou a ser votado por conta de um pedido de vista do senador Jader Barbalho, a pedido do governador Helder Barbalho, como ele mesmo declarou em suas redes sociais. No mínimo, a candidatura de Fonseca iria embaralhar o cenário eleitoral parauara.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Participe da discussão

1 comentário

  1. Realmente é isso que irá acontecer, se o fonseca não retornar ao cargo de prefeito este ano de 2022, delegado fonseca vai disputar com Elder Barbalho para governador do Pará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *