1

O Delegado Fonseca assumiu na sexta-feira passada, em Brasília (DF), a presidência do PRTB no Estado do Pará, com carta branca da presidente nacional da sigla, Aldinéia Fiélix. Willian Fonseca é o prefeito de Oriximiná, que está afastado pela Câmara Municipal e recorrendo ao Judiciário para voltar ao cargo. A mudança tem amplo significado. No comando estadual do PRTB, Fonseca está à vontade para se candidatar este ano a governador, caso não seja reintegrado à Prefeitura de Oriximiná, e já tem até uma lista de candidatos a deputados estaduais e federais. Para tanto já vem conversando com lideranças políticas de todo o Pará, principalmente nas regiões Oeste e Sul/Sudeste, onde recrudesceu o sentimento separatista, para criação dos estados do Tapajós e do Carajás. No dia 17 de dezembro do ano passado, já com parecer favorável do relator Plínio Valério (PSDB-AM) à realização de consulta à população do Pará, o projeto de criação do estado do Tapajós entrou em pauta na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, mas não chegou a ser votado por conta de um pedido de vista do senador Jader Barbalho, a pedido do governador Helder Barbalho, como ele mesmo declarou em suas redes sociais. No mínimo, a candidatura de Fonseca iria embaralhar o cenário eleitoral parauara.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Qual a energia que você quer para você neste ano?

Anterior

Paraense Leandro Santos no Internacional Player Pathway da NFL

Próximo

Vocë pode gostar

1 Comentário

  1. Realmente é isso que irá acontecer, se o fonseca não retornar ao cargo de prefeito este ano de 2022, delegado fonseca vai disputar com Elder Barbalho para governador do Pará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *