O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Plano de Manejo para APA Ilha do Combu


Saiu hoje no Diário Oficial do Estado o aviso de licitação para a elaboração do plano de gestão da Área de Proteção Ambiental Ilha do Combu. A APA é uma unidade de conservação localizada na parte insular do município de Belém e sua gestão é de competência do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio).
O plano de manejo é, juntamente com a lei de criação da unidade, o principal documento norteador de uma área protegida, elaborado a partir de diversos estudos, incluindo diagnósticos do meio físico, biológico e socioeconômico.  O
 processo terá forma participativa, garantindo o envolvimento dos diferentes atores locais. 

A APA Ilha do Combu foi reconhecida como área especialmente protegida a partir de 1997, via lei estadual nº. 6.083, de 13/11/1997, com o objetivo de proteger e restaurar a diversidade biológica, os recursos genéticos, as espécies ameaçadas de extinção, bem como promover o desenvolvimento sustentável, através do ordenamento dos recursos naturais e da melhoria da qualidade de vida da comunidade local. É a terceira unidade de conservação – só em 2016 – a ter processo licitatório aberto para esta finalidade. O instituto planeja que até o final do ano outras três tenham editais abertos para a formulação de seus planos de gestão, resumos executivos e cartilhas oficiais, totalizando seis UCs. Atualmente, nove das 25 unidades de conservação estaduais têm planos de gestão concluídos e ativos.
A licitação será no dia 5 de julho, às 9h (horário de Brasília), através do Portal ComprasNET. A foto é da ascom do Ideflor Bio.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *