0

O Instituto Brasileiro de Auditoria em Vigilância Sanitária divulgou resultado de estudo feito pelo Instituto Adolfo Lutz, que constatou concentração de reagentes químicos acima do permitido pela legislação, na maioria dos alisantes de cabelos utilizados em salões de beleza.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

A conferir

Anterior

A Pérola encantadora

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *