A igreja de São Francisco de Assis em Belém do Pará, carinhosamente chamada pelos fiéis de "Capuchinhos", completará cem anos de sua inauguração em 02 de outubro de 2022. A abertura oficial das festividades será com um concerto na igreja…

O trânsito continua matando mais do que muitas guerras. A administradora Gina Barbosa Calzavara, coordenadora dos bosquinhos da Universidade Federal do Pará, fez uma emocionante homenagem à memória do jovem Jean Serique Lameira, esportista do ciclismo e que também usava…

O Laboratório de Engenharia Biológica do Parque de Ciência e Tecnologia - PCT Guamá está estudando o sequenciamento genético do açaí, de modo a assegurar a rastreabilidade de ponta a ponta na cadeia produtiva e padrões de qualidade para os…

A Lei estadual nº 9.278/2021, que entrou em vigor em 30 de junho deste ano, instituindo a obrigação de que pessoas residentes em condomínios, conjuntos habitacionais e similares comuniquem à Polícia Civil, de forma imediata, qualquer tipo de agressão praticada…

Pará com nota A pelo 4º ano seguido

A situação do Brasil é alarmante. Só o Pará (pelo quarto ano consecutivo) e o Espírito Santo conquistaram nota “A” no novo rating (nota que as agências internacionais de classificação de risco de crédito atribuem a um emissor de acordo com sua capacidade de pagar uma dívida) do Tesouro Nacional. Os dados constam no Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais, publicado hoje pelo Ministério da Fazenda.
A nota final do índice Capag (Capacidade de Pagamento) resulta da avaliação combinada de endividamento, poupança corrente e liquidez. Os ratings vão de A a D. 
Uma das vantagens dessa nota é obter garantia da União para a contratação de novos empréstimos. 

Há um capítulo dedicado exclusivamente ao conjunto de 284 municípios com mais de 100 mil habitantes (
entre eles todas as capitais) e que haviam disponibilizado informações no Siconfi até 1º de novembro.  No agregado, os municípios apresentaram queda real da receita corrente entre 2015 e 2016, aumento da receita com operação de crédito e redução real de 11,69% dos investimentos. O capítulo dedicado às capitais, por sua vez, mostra por meio de gráficos a situação dessas cidades segundo nove indicadores, que permitem compará-las entre si em termos de autonomia financeira, rigidez de despesas e capacidade de planejamento, entre outros aspectos.

Cliquem aqui para acessar o documento completo.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *