O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

Pacientes renais crônicos

Os promotores de Justiça Waldir Macieira da Costa Filho, Adriana de Lourdes Mota Simões Colares, José Maria Costa Lima Junior e Sávio Rui Brabo Araújo ajuizaram ação civil pública contra o Estado do Pará e o Município de Belém, a fim de garantir aos cidadãos com deficiência – em especial aos com doença renal crônica – amplo e irrestrito acesso aos serviços médicos necessários, com integral e efetivo tratamento de hemodiálise, ambulatorial e hospitalar.
O MPE requer também que o Judiciário obrigue Estado e Prefeitura a custear medicamentos, ainda que importados e fora da lista oficial do Ministério da Saúde.

A medida teve origem em ofício e relatório da Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Pará, datado de 2009, que resultou em procedimento investigatório. Pelo descumprimento do pedido liminar da ação, o MPE pede aplicação de multa diária a cada um dos réus, no valor de R$5 mil.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *