A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Orelhas de Jatene vão arder

A reunião de hoje à tarde da bancada governista com o governador Simão Jatene promete ser movimentada. O líder do Governo, deputado Eliel Faustino(SDD), está com a agenda abarrotada de demandas. Os deputados da base aliada pretendem apresentar um rosário de queixas sobre o tratamento que vêm recebendo do secretariado. Alguns, como o de Educação, Helenilson Pontes, não estão recebendo políticos, mesmo quando estes querem denunciar a situação de escolas que estão funcionando como almoxarifado. E outros, como o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará, José Severino Filho – que, digamos, falou de corda em casa de enforcado, quando afirmou em reunião na Alepa que o governo não está priorizando demandas de políticos -, já deixaram claro que nas Secretarias os deputados não têm vez. Por outro lado, os deputados militares Coronel Neil e Soldado Tércio denunciaram assédio moral a praças, a exemplo do caso do PM que, mesmo tendo sido absolvido em processo administrativo, estava sendo tão pressionado que ceifou a própria vida, ontem. A exceção é o secretário Adnan Demachki, queridinho do setor produtivo e que consegue se manter em alta em todas as rodas, num admirável jogo de cintura que alia à capacidade técnica.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *