0
A reunião de hoje à tarde da bancada governista com o governador Simão Jatene promete ser movimentada. O líder do Governo, deputado Eliel Faustino(SDD), está com a agenda abarrotada de demandas. Os deputados da base aliada pretendem apresentar um rosário de queixas sobre o tratamento que vêm recebendo do secretariado. Alguns, como o de Educação, Helenilson Pontes, não estão recebendo políticos, mesmo quando estes querem denunciar a situação de escolas que estão funcionando como almoxarifado. E outros, como o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará, José Severino Filho – que, digamos, falou de corda em casa de enforcado, quando afirmou em reunião na Alepa que o governo não está priorizando demandas de políticos -, já deixaram claro que nas Secretarias os deputados não têm vez. Por outro lado, os deputados militares Coronel Neil e Soldado Tércio denunciaram assédio moral a praças, a exemplo do caso do PM que, mesmo tendo sido absolvido em processo administrativo, estava sendo tão pressionado que ceifou a própria vida, ontem. A exceção é o secretário Adnan Demachki, queridinho do setor produtivo e que consegue se manter em alta em todas as rodas, num admirável jogo de cintura que alia à capacidade técnica.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Razões para não municipalizar a Ceasa-PA

Anterior

10 anos da execução de Irmã Dorothy

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *