Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Operação Carretel em Alenquer e Belém

Trinta agentes da Polícia Federal desarticularam, hoje, com a Operação Carretel, uma organização criminosa que utilizava sentenças judiciais falsas e inserção de processos judiciais falsos nos sistemas do INSS, para fins de obtenção de benefício previdenciário, em Belém e Alenquer, no Pará. Só os benefícios identificados no esquema fraudulento somam R$450 mil, e as investigações apontam prejuízo bem maior. Foram cumpridas 5 conduções coercitivas e 4 mandados de busca, inclusive com o bloqueio de bens dos principais envolvidos na fraude e a aplicação de medidas cautelares diversas da prisão, entre elas a suspensão da função pública de um servidor do INSS envolvido. Em maio deste ano, foi presa em flagrante a principal “cooptadora” dos beneficiários, fato que desencadeou o início de toda investigação.
O material apreendido será analisado e periciado e, em seguida, as evidências obtidas serão cruzadas com as demais provas já existentes nos autos do inquérito policial, que após relatado será encaminhado para o Ministério Público Federal. A
 Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Riscos do Ministério da Previdência Social, o INSS e o MPF colaboraram com a PF.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *