0

O quase ex-deputado Vic Pires Franco – useiro e vezeiro em viajar com a família toda e namorados das filhas pelo exterior com o dinheiro do povo e em roubar a honra alheia – ficou pianinho quando foi expedida Carta de Ordem da lavra do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (Pet 4742), citando-o por crime contra a honra de Vildemar Rosa Fernandes, nos termos do art. 144 do Código Penal (calúnia, injúria e difamação). Como não prova o que covardemente insinua, tratou de botar o rabinho entre as pernas e se retratar. É, e não demora muito vai ter que fazer isso de novo, para aprender a respeitar os outros.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Vale fugiu da raia

Anterior

Impunidade não!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *